Paracas

Reserva Nacional de Paracas e Ilhas Ballestas
Onde o deserto encontra o mar

Localizado ao sul de Lima, podemos desfrutar de um balneário natural e belíssimas praias, de clima sempre agradável, onde os visitantes são recebidos com a beleza e o colorido de milhares de aves costeiras que enfeitam a baía, muitas delas migratórias e que chegam na Reserva Nacional de Paracas em busca de alimento e abrigo, para acasalar e criar seus filhotes. Os mais comuns são os pelicanos, gaivotas, condores, flamingos e os pinguins de Humboldt.
 
Uma corrente marítima de águas frias que vai em direção ao norte do litoral do Oceano Pacífico, considerada uma das correntes mais ricas do planeta em nutrientes, produz em abundância plâncton, crustáceos, moluscos e algas, e fertiliza toda a costa do litoral peruano, atraindo uma infinidade de aves e animais terrestres e marinhos, os brincalhões  golfinhos, milhares de espécies peixes, caranguejos, lontras e uma infinidade de lobos marinhos que cobrem todas as pedras litorâneas em busca do calor do sol.
 
A Baía da Reserva de Paracas tem sempre barcos, botes, lanchas e outros tipos de embarcações à espera do turista, para um encantador passeio nas águas do Oceano Pacífico, com suas maravilhas, inúmeras formações rochosas, resultado da erosão feita pelo trabalho da água e do vento que chega a 32 km/h, e grandes cavernas que servem de abrigo para os animais e aves marinhas.
 
A melhor maneira de conhecer a Reserva de Paracas é através de passeios, com duração de 2 a 3 horas, que avançam por paisagens maravilhosas em uma estrada que é feita de Sal. 

 

 

MACHU PICCHU BRASIL
 

Juntos num só destino!


Visualizar Reserva Nacional Paracas e Ilhas Balestras em um mapa maior

Reserva Nacional de Paracas

A melhor maneira de conhecer a Reserva de Paracas é em passeios feitos que tem duração de 2 a 3 horas, que avançam por paisagens maravilhosas em uma estrada que é feita de Sal.


Ilhas Balestras

Passeio feito em lanchas rápidas tem uma duração de 2 horas e feito pela manhã, saindo do Porto de Paracas
Uma formação de ilhas rochosas que são o lar e o ponto de parada de inusitados personagens marinhos, assumidamente antárticos, como lobos-do-mar, pinguins e alguns cetáceos de águas geladas. As rochas esbranquiçadas e brilhantes ainda oferecem um cenário inesquecível para fotografias, para amantes da natureza selvagem ou simplesmente turistas em busca de boas imagens.


Candelabro

O Candelabro ou Tridente, esculpido na encosta da montanha de basalto, coberta por guano(excremento das aves e poderoso fertilizante) na margem da baia, medindo 200m de altura com sulcos de 1,5 m. de profundidade e 60m de largura. Este gigantesco geoglifo foi talhado com a mesma técnica das Linhas de Nazca.

Na Mala

Paracas é uma região litorânea fria e seca, mas o sol também é direto e forte em determinadas épocas do ano.

Sua mala deve conter um “conjunto” de provisões para frio e também para ambientes de praia.
  1. Hidratantes, cremes e emulsões para combater lábios e pele ressecados.
  2. Protetores solares, viseiras e óculos escuro – o sol é bastante brilhante na região.
  3. Mantimentos básicos, cantis e garrafas d’água e toalhas secas para limpar e lavar o rosto durante as caminhadas pelas areias desertas das praias da região.
  4. A despeito de estar no litoral, é bom levar um bom conjunto de roupas de frio e agasalhos.

Pacotes

2016 - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: